A Jornada da Loba – Beltane

O trabalho da Jornada no dia de Beltane busca equilibrar ambos os aspectos, Sagrado Feminino e Sagrado Masculino, dentro do Ser.

A festa celta de Beltane celebra a fase do Sagrado Masculino que como o Sol está em seu auge e resurge na Terra com o despontar da Primavera; e o arquétipo da Deusa Virgem como Sagrado Feminino. Em Beltane, há a união destes dois arquétipos em um casamento de forças iguais.

Dentro de cada um de nós há um Sagrado Feminino e um Sagrado Masculino. Quando uma das forças está em desequilíbrio, há uma disputa dentro do Ser e este conflito interno manifesta-se em nossas relações com outras pessoas, que passam a assumir um “papel” exibindo este comportamento em desequilíbrio. Se temos ambos os aspectos equilibrados dentro de nós, não há a manifestação em nossa realidade destas relações de desquilíbrio, pois as forças de dentro estão equilibradas e estão bem e isto se reflete em seu exterior, em como nos colocamos para as outras pessoas, em nossas relações.

Sagrados Femininos com medo, oprimidos, feridos, sem criatividade, que não têm força para fluir livremente dão lugar a manifestações de nós mesmos com inveja, cobiça, ciúme e atitudes falsas e dissimuladas, ao mesmo tempo que forçam o nosso Sagrado Masculino pessoal a se defender com reações violentas ou de vitimização. Ao mesmo tempo que Sagrados Masculinos em desequilíbrio dentro de nós com medo, raiva, fracos ou sem espaço para se posicionarem em suas opiniões manifestam relações de imposição de opiniões, cegueira em relação aos sentimentos de outras pessoas e às verdades de terceiros como uma forma de se defender de agressões verbais ou vividas, violência física, incapacidade de lidar com mudanças ou situações adversas e de cuidar de si mesmo, forçando o seu Sagrado Feminino interior a assumir uma postura de histeria, vitimização e sentir-se preso a uma determinada situação sem perceber que você tem a escolha de seguir em frente ou dizer “não” e “basta“. Há infinitas outras formas de manifestação de desequilíbrio entre as duas polaridades dentro de nós.

É importante atentar para este equilíbrio interno entre ambos os aspectos dentro de nós mesmos, para que estejamos equilibrados emocionalmente e racionalmente e cultivemos relações sadias.

Neste trabalho de cura de Beltane, atentamos para o casamento místico entre ambas as polaridades dentro de nós. Este casamento se dá no chackra cardíaco, a casa do equilíbrio entre as suas forças.

Beltane é, então, a entrega do Ser ao seu próprio Eu Interior, quando o Ser se apaixona por si mesmo e retorna ao seu centramento, seu ponto de equilíbrio.

Na fisiologia da nossa árvore pessoal, que é a linhagem familiar de onde nosso espírito saiu, é a entrega da gota do espírito que reside dentro do seu corpo em retorno à sua árvore cósmica, do Ser Maior, desapegando-se de mágoas e medos do passado e retornando ao tempo presente, onde tudo que existe é a sua frequência original da Alma.

O trabalho neste dia será de profunda limpeza dos arquétipos Feminino e Masculino, e de seu equilíbrio de forças entre si, dentro de cada pessoa. Se há alguma energia mais fraca forçando a outra a assumir uma posição mais forte, haverá um trabalho de fortalecimento da parte mais fraca e de entrega de poder da parte mais forte, para que ambas se equiparem. Também haverá curas e liberações de energias armazenadas no chackra cardíaco.

Saiba mais sobre o projeto A Jornada da Loba em:
http://www.arthemisterapias.com/jornada-da-loba/

Link para o grupo de whatsapp onde é dado o tratamento:
https://chat.whatsapp.com/B7tmocXFTdcENiXaTmTird

Compartilhar:
  • 6
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    6
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *